Conheça os benefícios do óleo de abacate http://mdemulher.abril.com.br/dieta/reportagem/dietas/beneficios-oleo-abacate-748348.shtml?utm_source=redesabril_mdemulher&utm_medium=facebook&utm_campaign=redesabril_mdemulher&

Apenas uma colher do óleo de abacate por dia ajuda a secar a barriga, controlar o diabetes, melhorar as defesas do organismo e muito mais

Atualizado em 30/07/2013
Karla Precioso
Conteúdo VIVA!MAIS

Foto: Thinkstock
Entre os vários tipos de óleos funcionais, o de abacate é um dos mais benéficos para a saúde. Estudos científicos comprovam seus efeitos contra doenças cardiovasculares, câncer de próstata e diabetes, além de sua contribuição para o emagrecimento. "Basta uma colher (sopa) por dia para usufruir dos benefícios do óleo de abacate", diz Bruna Murta, nutricionista da Rede Mundo Verde. Conheça melhor os efeitos desse aliado do seu bem-estar.

Como usar?

O ideal é consumir 1 colher (sopa) por dia. Pode ser usado puro, em molhos para salada ou até em refogados - o óleo de abacate não perde as propriedades quando aquecido.

6 razões para o consumo   

1. Barriga chapada
O alimento ajuda a controlar os níveis de cortisol, hormônio relacionado ao aumento da compulsão alimentar e ao acúmulo de gordura abdominal.
2. Coração em dia
Rico em ácidos graxos, diminui os níveis de triglicérides e de colesterol ruim, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares.
3. Diabetes sob controle
O óleo de abacate possui altas taxas de vitamina E, que auxilia no controle dos níveis de açúcar no sangue, além de proteger o organismo contra a aterosclerose e o envelhecimento precoce.
4. Imunidade fortalecida
Seus lipídios, vitaminas, ômegas e antioxidantes aumentam a produção de células de defesa no corpo, prevenindo gripes e outras infecções.
5. Olhos saudáveis
É fonte de antioxidantes, vitamina A e nutrientes que previnem catarata e problemas oculares, que podem levar à cegueira.
6. Próstata protegida
O alimento inibe a ação de uma enzima relacionada à redução da produção de testosterona, evitando, assim, um desequilíbrio hormonal e prevenindo o aumento da glândula da próstata.
Fontes: nutricionistas Mariana Exel, do Hospital Samaritano (www.samaritano.org.br), e Bruna Murta, da Rede Mundo Verde (www.mundoverde.com.br)
Links Patrocinados
Faça Aqui a sua Avaliação de Peso e Descubra Como Chegar no Peso Ideal!
0