Modelos de propostas sustentáveis para condominio. Um mundo melhor é possivel depende de nós.

Condomínios sustentáveis reduzem gastos e preservam meio ambiente

SÃO PAULO - A preocupação com o meio ambiente já atingiu os administradores de condomínios residenciais e comerciais, surgindo então o conceito do "condomínio sustentável".
Além de beneficiar o meio ambiente, a redução de custos é uma das vantagens desses condomínios. "Devido à otimização da energia e ao aproveitamento consciente da água, a diferença pode ser sentida na conta no fim do mês", afirmou o diretor jurídico da Aabic (Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios), José Roberto Graiche Junior.
A saúde dos moradores e também da população é beneficiada, já que a redução de poluentes, o controle de qualidade do ar e a preservação dos recursos naturais colaboram para o bem-estar.
Dicas
Sem perder o conforto e o luxo, bastam ser instaladas ferramentas simples, mas eficazes, para estar de bem com o ambiente. Essas ferramentas são capazes de minimizar a emissão de resíduos, reduzir o consumo de água e de energia por meio da reutilização da água da chuva e o máximo de aproveitamento da luz solar, por exemplo. "Isso sem falar na coleta de lixo, que já deveria ser regra em qualquer residência", afirmou Graiche.
Outras dicas para um condomínio mais "verde" são a criação de pomar e herbário, instalação de medidores individuais de gás e água, para incentivar a redução de consumo, a troca de torneiras por modelos com temporizador, que gastem menos água, e colocar luzes com sensores de presença nas áreas comuns.
Outra medida simples é ajardinar a calçada e os terraços para aumentar a área permeável e até mesmo varrer a calçada e pátio em vez de lavá-los.
Empreendimentos
Apesar de não haver incentivo por parte do governo para os "edifícios verdes", já existem quatro empreendimentos certificados no país e mais de cem em processo de certificação.
"A aceitação destes empreendimentos pelos compradores estimula mais e mais arquitetos, engenheiros e grandes construtoras a investirem em novas técnicas e tecnologias", explicou o diretor de condomínio da Aabic, Omar Anauate. "Não há dúvidas de que todos ganham com essa valorização da sustentabilidade", conclui.
0